Coro e Orquestra de Câmara da Escola de Música de São Brás do Suaçuí


             São Brás do Suaçuí, com apenas 3300 habitantes, é herdeira de fortes tradições culturais da época colonial ( é cortada pelo chamado Caminho Novo que ligava Vila Rica à Parati), isto fez de São Brás um corredor por onde passavam toso os viajantes que se deslocavam de Tiradentes à Vila Rica. Ainda hoje, sua localização geográfica, no centro de um corredor turístico, contribui para abrir a mente e os horizontes de seu povo. São Brás é conhecida em toda a região pelo grande talento e vocação do seu povo para a música. Mais de 30 % da população estuda música regularmente. Temos notícias de grupos atuando plenamente no séc. XIX, e partituras do século XVIII. Basicamente nos últimos cinquenta anos do séc. XX, estas tradições enfraqueceram bastante ou até começaram a se perder. Com um projeto social envolvendo uma parceria entre a sociedade organizada e a Gerdau -Açominas através das leis de Incentivo , foi criada em agosto de 2001 a Escola de Música de São Brás do Suaçuí, onde estudam regularmente cerca de 100 alunos.
             Estes alunos formam um coro adulto de destaque em todo o estado, uma Orquestra de Cordas e um Coro infantil. Os alunos estudam além dos Instrumentos de cordas e canto, prática de Coro e Orquestra, percepção e apreciação musicais, história da música e em 2005, iniciamos a primeira turma de harmonia. Hoje a instituição configura-se como uma Escola Livre de Música. Todos os alunos que procuram a escola são iniciados, a maioria com flauta doce e grande parte passa depois pelo Coro infantil, ingressando mais tarde nos cursos básicos de canto ou havendo disponibilidade de instrumentos e vagas começam a aprender um instrumento de cordas. O aluno para estudar gratuitamente na escola deve tão somente ter um bom rendimento além de fazer parte de um dos grupos- Coro infantil, Coro de Câmara e/ou Orquestra de Cordas. Os grupos da Escola tem atuação intensa, começando a ter interessantes destaques estaduais:
             Em 2003, o coro de Câmara foi convidado a gravar um CD de Música colonial e Barroca pela Fundação Cultural da Arquidiocese de Mariana. Este trabalho foi executado juntamente com a Orquestra do Sesiminas. Nos últimos anos a escola vem sido destacando como atração para quem passa por esta região da estrada real, tendo em razão disso, estado em vários programas de TV. Em 2004 esteve por 03 semanas seguidas no "Quebrando a Rotina", do Caldeirão do Huck . Esteve ainda no programa Terra de Minas e por várias vezes no MGTV.
             A Orquestra Formada basicamente por crianças, adolescentes e jovens a Orquestra de Cordas da Escola de Música de São Brás, foi criada em março de 2002 e tem feito rápidos progressos. Com apenas 03 anos de existência, já domina um repertório bem eclético indo do popular ao erudito. Seu repertório inclui: Pixinguinha, Beatles, Roberto Carlos, Lulú Santos, Milton Nascimento, Ernani Aguiar, além de músicas folclóricas. Seu trabalho no entanto está mais concentrado no segmento erudito tocando peças de Vila lobos, Bach, Handel , Mozart , Purcell, Vivaldi, etc. Em 2004 a orquestra realizou juntamente com o coro da escola "O Messias" de Handel, no Circuito Minas Cultural . Este circuito que é uma realização da Escola de Música de São Brás, leva Concertos de Música Barroca e Colonial, às cidades históricas situadas ao longo da Estrada Real, principalmente no trecho que vai de São João Del Rey/ Tiradentes, até Mariana / Ouro Preto.             


Prédio da Escola de Música de São Brás do Suaçuí

(foto gentilmente cedida por Christina Amâncio )


Foto de uma apresentação da Escola de Música de São Brás do Suaçuí (foto gentilmente cedida por Christina Amâncio )

Contato ::    Cristina Amâncio

Av. Dr. Aprígio Ribeiro de Oliveira, 175 Centro  -  São Brás do Suaçuí  -  MG CEP:35.495-000

| A Tecnologia a serviço do cidadão - Ano 2016

Brasil